• CONSERVAÇÃO

    O couro precisa de ventilação, do contrário, pode mofar e descolorar. Desta forma, evite guardá-lo em sacos plásticos e, antes de colocá-lo em um lugar seco, tire o pó com um pano macio ou flanela.

    Coloque as roupas em cabides, protegidas com capa de tecidos o TNT, nunca plásticas. 

    Por ser uma pele natural, o couro precisa respirar. Deixe a roupa em local arejado e à sombra pelo menos uma vez por mês.

  • LIMPEZA

    Sugerimos que as peças sejam lavadas em lavanderias especializadas para que elas passem por um processo industrial de limpeza e tratamento.

    Em casa, use produtos de limpeza específicos (nunca produtos de limpeza ou álcool!). Obedeça as instruções na seguinte ordem: tire o excesso do pó ou sujeiras superficiais com pano limpo, seco e macio; aplique o produto de limpeza (em gel ou aerosol); espere secar. 

  • PODE PASSAR?

    Sim, mas cuidado! Utilize o ferro à 100°C protegendo com um tecido branco e limpo por cima. Atenção ao manusear o ferro, pois o couro marcado não tem recuperação.